1. A depilação é definitiva?

Mito. Não existe, no mundo, uma depilação 100% eficaz. Porém, para quem quer o método mais eficaz, após quatro a seis sessões com laser de diodo, existe a depilação permanente de 95% dos pelos tratados.

2. Quantas sessões são necessárias?

Isto dependerá de diversos fatores, dentre eles o fototipo da pele, a área a tratar, a características do pelo, sexo, idade e estado hormonal do cliente.

3. Pessoas com todos os tipos de pele podem se submeter à depilação? Quais as restrições?

Quanto mais branca a pele e mais escuro o pelo, mais fácil de se realizar um tratamento efetivo com segurança e menos sessões. Quanto mais escura for a pele, maiores os cuidados, já que a grande quantidade de melanina da pele atrai a luz do laser e podem ocorrer alguns efeitos colaterais, como queimaduras. Por enquanto, os pelos brancos não são depilados com sucesso. A maior restrição ao uso de laser é a pele bronzeada, assim como herpes no local. As pessoas mais beneficiadas pelo uso de depilação a laser são aquelas que apresentam irritação na pele quando usam outros métodos de depilação, pacientes com pelos encravados e com manchas na pele.

4. Quem tem varizes ou cicatrizes pode realizar o procedimento?

Verdade. O tratamento pode ser feito em pessoas que tenham varizes e cicatrizes. Há restrições a pacientes com queloide.

5. Antes, durante e após o tratamento: quais as orientações?

Antes do tratamento, o banho de sol tem que ser evitado por pelo menos dois meses. Indicamos o uso de agentes clareadores da pele para fazer um tratamento mais efetivo. No intervalo das sessões, o sol é proibido na região depilada. Os pelos não devem ser retirados com cera ou pinça por um mês antes do tratamento. Neste período, recomenda-se lâmina ou creme depilatório.

– Não tenha vergonha e tire conosco todas as suas dúvidas. Teremos todo o gosto em falar consigo e responder a todas as suas questões, envie suas perguntas na página Contato, em breve entraremos em contato.

“VOCÊ NUNCA SERÁ O MESMO”